quarta-feira, 8 de agosto de 2007

E-mail de Amor

O corpo tremia e seu coração disparara. Daquele jeito parecia que teria um ataque cardíaco! Faltou-lhe ar enquanto digitava o e-mail. Tentou se acalmar, mas mesmo assim, a respiração era difícil. Pensou: “Será que as cartas de amor eram mais fáceis de serem escritas do que os e-mails?”.

Naquele e-mail, ele se declarou a ela. Escreveu tudo o que sentia e tinha medo de dizer cara a cara. Não teria volta: depois do “clique” em Enviar, ela saberia de tudo. Ainda apavorado, esperou criar coragem e...


...clique.



“Erro. O servidor está temporariamente fora de serviço. Tente mais tarde.”

Eduardo Franciskolwisk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores, se forem comentar como anônimo por facilidade, peço que deixem pelo menos seus primeiros nomes como assinatura.

Mas se fizerem questão do anonimato, não tem problema!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...