sábado, 4 de setembro de 2010

Que saudade do mIRC!

mirc-logo

Na década passada, eu usava um programa chamado mIRC para bater papo. Era o melhor programa de bate-papo. Este programa ainda existe e só não continua sendo a melhor forma de conhecer pessoas e de fazer amigos pela internet porque as pessoas não querem. Elas se esqueceram dele depois que chegou orkut, MSN, etc.

O MSN é um ótimo programa de mensagens instantâneas, mas por ele não é possível conhecer gente nova. Você fica limitado aos seus amigos de sempre. Já o orkut é possível conhecer gente nova, porém, se a pessoa não gostar da sua foto, você será ignorado. Não tem aquela magia do anonimato.

No mIRC era possível conversar com pessoas que você nunca tinha visto antes, conhecer suas ideias e passar a gostar delas pelo que eram e não pela aparência física. Lá era possível fazer amigos e conhecer gente ao acaso, sem compromisso nenhum, só para jogar papo fora. Era divertido. Conheci vários amigos virtuais pessoalmente.

Neste bate-papo era possível conversar com o mundo todo. Todas as línguas estavam ali. Eu treinava espanhol lá. Posso dizer que o meu interesse em idiomas veio do mIRC porque ali descobri uma utilidade para a matéria “língua estrangeira”: conhecer pessoas de outros países.

Este programa de chat foi deixado de lado pelas pessoas porque para utilizá-lo é necessário um mínimo de inteligência (e muita gente não tem esta bendita coisa). Ele é meio complicado. Pouca coisa é no clique. Muita coisa é no comando, no estilo MS-DOS (/join, /list, etc).

A sala de “bate-papo” era chamada de canal e seu nome era sempre precedido do sinal # (Exemplos: #brasil, #barretos, #cinema). Neste canal, tinha o nick de todo mundo e aí era só escolher alguém, abrir uma janelinha e conversar em modo privado. Era possível também conversar com todos pelo próprio canal.

Uma semana atrás, resolvi baixar o mIRC e tentar conversar com alguém para ver no que dava. Pois saibam que não deu em nada. Ninguém mais entra lá. Tinha gente, mas ninguém a fim de conversar.

O mIRC não é mais o mesmo.

Seria fantástico se as pessoas que usavam o mIRC (e não são poucas) tivessem saudade dele e voltassem a utilizá-lo. Não só para relembrar dos velhos tempos, mas também para criar “novos” velhos tempos. Mas isso não vai acontecer. O mIRC morreu, acabou. Para sempre. Nunca mais voltará a ser o que era.

Eduardo Franciskolwisk

Um comentário:

  1. Peguei o fim desta faze, mas mesmo assim eu senti o gostinho. Foi muito bom mesmo. Uma pena!

    ResponderExcluir

Leitores, se forem comentar como anônimo por facilidade, peço que deixem pelo menos seus primeiros nomes como assinatura.

Mas se fizerem questão do anonimato, não tem problema!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...