sábado, 21 de junho de 2008

Era uma vez... um capacete.

Não sei se rio ou se choro. No dia em que eu resolvi ser otimista, roubaram meu capacete. É sempre assim: quando eu acho que posso mudar, melhorar, vem a vida e me dá uma porrada no rosto como se dissesse “Ei, bobão! Acorde, as coisas sempre serão ruins pra você.”. Sempre foi assim.

Todos os dias, pegava meu MP3, chicletes e a minha vontade de emagrecer continuando a comer porcarias e ia para a Região dos Lagos caminhar. Ia de moto e, obviamente, deixava meu capacete nela. Todo mundo me criticou: “Mas você é burro, deixou o capacete na moto e não queria que roubassem.” Realmente, eu não queria que roubassem!

E ao contrário do que todos pensaram, não “deixei” o capacete na minha moto, eu o tranquei nela. O ladrão cortou a alça (ou corda, cordão, sei lá) do capacete. “Mas você é burro? Não sabem que eles fazem isso? Você tem que levar o capacete com você.” Beleza, vai ficar lindo eu fazendo caminhada com o capacete na minha cabeça. E depois, eu é que sou burro!

Desde o primeiro dia em que fui caminhar no lago e tranquei o capacete na moto, sabia que corria o risco de algum espertinho passar a faca e levá-lo embora. Não sou idiota! Sempre soube que isso poderia acontecer, mas decidi correr o risco. Perdi o capacete? Sim. Levei prejuízo? Sim. Mas perdi também uns tantos quilos de gordura. E, se vocês quiserem saber, valeu a pena! Valeu mesmo.

Ainda falta perder mais barriga? Falta. Estou com medo de me roubarem de novo? Sim, estou. O que eu vou fazer? Vou continuar andando no lago? Não sei! Mas não posso deixar isso me grilar.

Em relação ao otimismo, apesar de tudo, acho que está funcionando. Olhando por outro ângulo, o capacete se foi, mas a moto ficou! Dos males, o menor.

Eduardo Franciskowisk

12 comentários:

  1. putz, mas que bem que pelo menos vc foi otimias e confiou nas pessoas
    elas merecem sua confiança
    nao é?
    compra outro, um dia o mundo se acerta
    amei o blog
    abs

    ResponderExcluir
  2. vim pelo orkut,
    alguns posts interessantes,
    outros não fazem o meu estilo, mas não é que tenha achado-os ruim!

    visita o meu:

    http://devaneiosdeumamenteconturbada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. nunca tin ha vindo no seu blog...
    é mto engracado
    parabens!

    http://britneyview2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. É o fim dos tempos...

    Você é roubado e a culpa ainda recái sobre você...

    fui......

    ResponderExcluir
  5. O fim do teu post é bem o que eu ia dizer, levaram o capacete e te deixaram a moto pelo menos, intacta, eu presumo.

    Mas bola pra frente, o negócio mesmo é encarar bem as coisas.

    ResponderExcluir
  6. Se fosse correr com o capacete na cabeça, além de não terem roubado, você estaria correndo carregando peso, o que lhe faria perder mais umas gordurinhas. Viu no que dá?

    ResponderExcluir
  7. Engraçado isso tbm acontece comigo de tentar seguir minha vida de uma forma correta,imaginando que as outras pessoas pensam o msm que eu,e tentam agir de forma correta,mas sempre levo na cara,nao sei se o resto da humanidade faz essas coisas de propósito,ou é simplesmente o carma de ser humano e errar ser a nossa sina.

    ResponderExcluir
  8. Elianderson Mendonça25 de junho de 2008 23:28

    O legal de andar de moto é sentir
    o vento no rosto... É brincadeira!!

    visita o blog do meu livro:
    http://umpardeasasporduasrodas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Toda semana tem novas histórias de música. E cada dia um post diferente.
    Não deixe de visitar o ANd I Said Goddamn!

    ResponderExcluir
  10. é verdade meu caro
    dos males o menor, e se tivessem levado a moto e deixado o capacete ? ;D
    eu queria poder andar por aí sem medo de ser roubada ou sequestrada.
    mundinho infame, nao?

    ResponderExcluir
  11. adorei
    vc q escreveu?
    parece q já vi em algum lugaR.
    gostei das cores.
    Tchau.

    ResponderExcluir
  12. compre um carro :D AMSLKAMSLAMLKS

    acredite na vida ela acredita em vc! :O :P

    abraço

    ResponderExcluir

Leitores, se forem comentar como anônimo por facilidade, peço que deixem pelo menos seus primeiros nomes como assinatura.

Mas se fizerem questão do anonimato, não tem problema!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...