terça-feira, 7 de outubro de 2008

Sacanagem com a velhinha

Meses atrás, emprestei 30 reais para uma senhora. Ela me pagaria alguns dias depois.

Alguns segundos se passaram, alguns minutos se passaram, algumas horas se passaram e, enfim, alguns dias se passaram. Lá estava ela pronta para realizar o pagamento de 20 reais. Ela pagaria os outros 10 reais quando pudesse. “Tudo bem”, eu disse.

Novamente, segundos, minutos, horas, dias e, desta vez, meses se passaram. E o pagamento não veio. Eu não cobrei e não vou cobrar. Mas comecei a desconfiar de que ela não estivesse com a intenção de me pagar. Ela se fingia esquecida e eu também. Beleza. O mundo dá voltas...

Aí, esses dias ela veio com uma história de vender trufas a 1 real cada. Nessa hora, comecei a bolar um plano bem sacana com ela. Pedi que ela me trouxesse 3 trufas, mas não falei nada do pagamento. Ela dava indiretas do tipo “Hoje, eu vou ter que pagar a moça das trufas... Quantas você pegou mesmo? Foram 3, né?”.

A senhora parou um tempo de vender as trufas e eu, propositalmente, nem lembrava que devia 3 reais para ela.

Esses dias, uma pessoa pediu para ela trazer trufas e eu estava perto. Aproveitei a oportunidade e pedi mais 7 trufas, 5 de brigadeiro e 2 de morango. Então, a senhora das trufas falou “Quantas trufas você pegou da vez passada?”. Respondi que tinham sido 3 de brigadeiro. “Aí, o seu pedido completa 10 trufas, né?”

Quando ela falou isso, eu pensei na hora que ela já tinha sacado o meu plano e achei que ela não levaria o pedido no outro dia. Felizmente, me enganei. A primeira coisa que fiz foi pegar as minhas 7 trufas e jogar dentro da minha mochila. E quando já ia saindo pela tangente, ela comentou de novo: “Agora, completou 10 trufas, né?”. Eu confirmei dizendo que sim, mas nem falei em pagamento.

Não falei e não vou falar. Eu já consegui o que queria, que era não perder meus 10 reais. Pode ser pouco? Pode. Mas é meu! Consegui inverter a situação: ela me devia e agora eu também devo a ela. Não vou dizer uma palavra sobre pagar ou receber. Quero que ela tome a iniciativa de me cobrar.

E quando ela fizer isso, eu vou dizer: “Ixi... hoje eu estou com dinheiro, mas eu vou precisar dele para comprar pão. Posso te trazer amanhã?”. Independente do que ela me responder, eu vou esperar um pouquinho, me fingir de esquecido e depois de lembrado. “Ah... Sabe o que eu lembrei agora? Lembra daqueles 10 reais que você ficou me devendo e que ainda não pagou? Então... desconta desses 10 reais que estou te devendo. Aí, ficam elas por elas.”

Sim... Esse é o meu plano. É a sacanagem que eu pretendo fazer com ela. E tomei essa decisão definitiva um dia em que a ouvi dizendo “Se tivesse acordo, mas não tem... O mundo é dos espertos!”. Como eu sei que com ela não tem acordo e que ela não me acha muito esperto. Sacanagem nela!

Eu não sei qual vai ser a opinião de vocês, mas eu vou achar muito gozado!

Eduardo Franciskolwisk

10 comentários:

  1. Oi Eduardo!

    A LivroPronto Editora convida você, autor, para uma conversa sobre a publicação de sua obra.

    Escreva para nós!
    livropronto@livropronto.com.br

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Tadinha ;z SAKOSKSAOKSASAKOSAK.
    Achei gozado tb OSAOAKSO.
    Boa quinta e espero sua visita e comments ;D

    abração
    http://tiomah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Poxa,da até dó da velhinha, mais como estou por fora não dá pra julgar, mas, pela frase que você disse que ouviu ela dizer (ahuuahuahua, olha a redundância), ela deve estar merecendo ser lembrada do que deve mesmo xD

    ResponderExcluir
  4. hahahahaha bem feito
    caloteiro não tem vez
    bom plano

    ResponderExcluir
  5. Oi!! ^^

    Nunca mostrei não... sou envergonhada demais para isso... tanto que ninguém que eu conheça sabe da existência desse blog! hahaha

    Nossa, que engraçado seu post! Gostei! hahaha. Odeio quando ficam me devendo e se fazem de desentendidos. E tipo, não é nem por causa do dinheiro, é pq eu nunca peço dinheiro a ninguém, quando peço, pago, e os outros ainda ficam me devendo?? Por favor, né... hahaha
    Beijao

    ResponderExcluir
  6. Cara, eu acho que ela nunca vai te cobrar, e vc fez mais do que certo pegando o que ela te deve, eu só preferiria o dinheiro ao invés de trufas, mas se forem gostosas está valendo, sacanagem foi o que a velhinha te fez, se eu fosse vc iria pegar mais 5, daí pagar ela no tempo que ela demorou pra te "pagar".

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...mala! http://pedropyratero.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. olá mt bom o seu post. sobre o meu texto depois uma amiga minha me disse q ele se parece com um texto de Ferreira Gullar

    http://botecoliterario.wordpress.com/category/ferreira-gullar/

    aqui o link, mas na verdade não achei mt parecido, mas essas coisas acontece depois q nós escrevemos é q descobrimos...

    ótimo blog

    ResponderExcluir
  9. Eu aqui de novo respondendo sua pergunta :D . E ainda não sei se era real pq nao cheguei ao fim do livro, termino hoje *-*. Mas com certeza era real, ele que é indeciso OKSAOSAK.

    Boa sexta ;D
    http://tiomah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Vi uma atitude muito Chris nisso! E eu que achava q era a mais cruel das criaturas... rs...

    ResponderExcluir

Leitores, se forem comentar como anônimo por facilidade, peço que deixem pelo menos seus primeiros nomes como assinatura.

Mas se fizerem questão do anonimato, não tem problema!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...