segunda-feira, 28 de junho de 2010

Emoção lenga-lenga

Na semana passada, assisti ao jogo entre Eslováquia e Itália. Peguei o jogo no meio, quando estava começando o segundo tempo. Que jogão! Fazia tempo que eu não via um jogo tão emocionante como este.

A Eslováquia não estava para brincadeira e foi para cima da Itália com toda força. A Itália jogou muito mal e só reagiu depois que um jogador chamado Pirlo entrou no time. A Itália, campeã do mundo em 2006, mereceu perder. Mesmo assim, foi muito emocionante. Aquilo lá, sim, é jogo que dá vontade de ver.

Eu estava torcendo pela Itália. Nunca vibrei e torci tanto assistindo um jogo de Copa do Mundo como fiz com este jogo. Não tenho nada contra a Eslováquia, mas eu nem sei direito onde fica este país. Então, me considero muito mais italiano do que eslovaco. Por isso torci pela Itália.

A Eslováquia jogou muito bem e se nesta Copa for jogar contra o Brasil, é bem possível que nós voltemos para casa mais cedo. O nosso futebol não é mais espetáculo, agora ele é defensivo. Toquinho para cá, toquinho para lá, volta a bola, enrola um pouco, depois enrola mais um pouco e só às vezes chegamos perto do gol. Nosso futebol tem uma ótima qualidade, mas ficou muito monótono, paradão, chato. Um exemplo disso foi o jogo Brasil e Portugal. A única coisa que aconteceu foi que perdemos 90 minutos de nossas vidas à toa. Teria sido muito melhor se tivéssemos ido assistir ao filme do Pelé!

O Brasil pode até ser campeão do mundo em 2010. Mas a emoção vai ser no estilo lenga-lenga. Ou seja, os jogos serão chatos, cansativos e previsíveis.

Eduardo Franciskolwisk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores, se forem comentar como anônimo por facilidade, peço que deixem pelo menos seus primeiros nomes como assinatura.

Mas se fizerem questão do anonimato, não tem problema!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...